Sobre o Dragão

 

O Restaurante

O Restaurante Dragão surgiu no ano de 1976, em uma das orlas mais bonitas de Maceió. Localizado na Pajuçara desde a sua criação até os dias de hoje, o restaurante é um negócio familiar originado a partir de uma sociedade entre Ming Jiaw Fon e Chiang Son Cho, ambos naturais da China.
Sendo o primeiro restaurante a trabalhar com comida tipicamente chinesa em Maceió, passaram momentos intensos até a adaptação do paladar brasileiro com a comida oriental. No entanto, após esse período de adaptação, o Dragão se popularizou contando hoje com clientes de todas as partes do Brasil.

Com o passar dos anos, os clientes que começaram a frequentar o Dragão desde o início, passaram a levar gerações futuras. Tornando o restaurante um ambiente familiar de encontro para avós, pais, filhos e netos. Atualmente, o restaurante é comandado por Pei Lan Chiang – filha de Ming Jiaw Fon – juntamente com o seu marido, Chiang Son.

 

O Talharim de Chop Suey – nosso prato mais famoso

Com uma grande variedade de pratos em nosso cardápio, dentre eles, diversas opções de Carne, Frango, Peixe, Porco, entre outros, o prato mais tradicional e apreciado da casa é o Talharim de Chop Suey.

Segundo alguns clientes que já viajaram para diversas partes do mundo e tiveram a oportunidade de conhecer outros restaurantes orientais, foram unânimes em dizer que não existe sabor e textura igual ao talharim do Dragão.

Pei Lan – diretora a frente do restaurante – acredita que o diferencial do seu prato são os materiais escolhidos e feitos com o máximo de cuidado e qualidade. Como por exemplo, a massa, que é feita artesanalmente no próprio restaurante e o seu molho shoyo, que garante ser o mais encorpado de Maceió.

 

O Caranguejo Guaiamum

Embora o restaurante procure manter o máximo de fidelidade aos pratos tipicamente chineses, surgiu a oportunidade de incluir em seu cardápio o nosso famoso caranguejo guaiamum.

Tudo começou com um amigo da família que tinha um restaurante de comida coreana na cidade do Recife. Ele passava por problemas financeiros, até que decidiu investir em caranguejos. O sucesso foi tão grande que conseguiu melhorar a sua situação financeira e crescer.

Seguindo o conselho deste amigo, Pei Lan e Chiang Son decidiram realizar o mesmo investimento, tornando-se fornecedores de guaiamum para outros restaurantes. E o Dragão seria o local para estocar e cevar o caranguejo.

Com a baixa procura por parte dos estabelecimentos e a com a demanda dos nossos próprios clientes pedindo o guaiamum como petisco aumentando, surgiu a oportunidade de inseri-lo no cardápio. E foi com a ajuda dos clientes que criamos a caranguejada, nosso famoso prato que acompanha pirão, arroz branco e vinagrete.

O sucesso foi tão grande, que hoje temos clientes frequentando o restaurante semanalmente para apreciar os guaiamuns.